DIA DOS PAIS! PARABÉNS!

Quando nos tornamos pai, deixamos nossa primeira marca na terra – que carregará consigo parte do nosso DNA.
Até aqui tá fácil – colocar um filho no mundo. O que vale é honrar daqui para frente a condição de pai – de protetor, amoroso, conselheiro, exemplo, pulso firme e por aí vai…
Que cada pai – dentro das suas possibilidades – siga evoluindo como ser humano e deixando suas marcas positivas na criação dos filhos e da família.
Se puder, e com segurança, curta o dia de hoje com seus filhos que são seus verdadeiros presentes.
Parabéns do COBS a todos os pais

PUBLICAÇÃO INTERNACIONAL (USA)

Mais um case publicado em revista médica americana – Tratamento cirúrgico das complicações oculares da alergia infantil.
Crucial para a vida adulta, o tratamento oftalmológico das crianças exige dedicação profissional e empenho.
Nessa publicação Dr. Ricardo Stock e equipe compartilharam sua experiência pessoal de sucesso de tratamento.
Reconhecimento mundial faz parte da história do COBS.

Leia a matéria na íntegra:
https://jmedicalcasereports.biomedcentral.com/articles/10.1186/s13256-020-02407-8

 

VISTA CANSADA

Ler de perto está cada vez mais difícil… falta braço pra afastar dos olhos o livro, o tablet ou o celular.
O foco está mais demorado e às vezes nem existe…?
Se você tem 40 anos ou mais, considere fazer uma visita ao médico oftalmologista para dar uma avaliada.
A PRESBIOPIA (vista cansada), costuma bater à porta nessa idade. Mas tem como corrigir isso – com óculos ou lentes de contato. Também com implante de lente intraocular ou cirurgia a laser. Se você for mais novo ou bem mais novo, essa possibilidade não existe, mas pode ser outra doença ocular, com o mesmo sintoma.

Fale com a gente. Veja claramente o seu mundo.

HIGIENE DOS OLHOS

Muitos de nós crescemos ouvindo dos mais velhos que deveríamos acordar e lavar o rosto e os olhos. O hábito de “lavar os olhos” retira a gordura da superfície ocular, agravando os sintomas de olho seco, principalmente no frio.
Nossos olhos têm uma lubrificação normal e deve-se sim lavar os olhos pela manhã, mas com os mesmos fechados – apenas cílios e pálpebras – com água ou shampoo neutro, sem a necessidade de se colocar nada dentro dos olhos.

MAQUIAGEM E OS OLHOS

A preocupação com produtos de beleza sempre deve existir, principalmente na região dos olhos.
Alergias e até problemas maiores, podem ocorrer com a nossa visão quando não nos atemos a isso.
Agora, o assunto é mais sério ainda – compartilhar lápis, pincéis e acessórios de maquiagem pode ser uma forma de contaminação pelo novo Coronavírus. Nossos olhos podem servir como um portal de entrada e como um reservatório para a transmissão de pessoa para pessoa.
Atenção redobrada nesse momento é tão fundamental quanto estar bonita. Cuide-se.
Para saber mais acesse nossa página no YOUTUBE e assista ao vídeo:
Maquiagem e os cuidados com os seus olhos.

https://www.youtube.com/watch?v=-EWVxjIt1g8

OLHO SECO

Ainda no embalo do inverno – que acabou de começar – a SÍNDROME DO OLHO SECO é uma das consequências da nova estação. Provocada por alterações na composição ou produção das lágrimas que prejudicam a lubrificação da córnea, é uma doença multifatorial. Medicamentos, doenças pré-existentes, idade, muita exposição às telas de celulares, tablets e computadores, entre outros fatores, podem desencadear o problema. Vermelhidão, coceira, sensação de que os olhos estão cheios de areia e sensibilidade à luz são fortes indícios para se procurar um médico oftalmologista e ter um diagnóstico preciso. Colírios lubrificantes ou anti-inflamatórios costumam resolver – mas somente prescritos pelo médico.

OS OLHOS E O FRIO

Não dá pra reclamar do frio. A natureza é sábia no que faz. Porém, nossos olhos sentem a diferença e mandam seus recados.
No inverno – que começa hoje, dia 20 de junho – os cuidados devem aumentar.
De carona com algumas doenças respiratórias como gripe, resfriado, asma, rinite e sinusite, algumas doenças oculares também aparecem. É comum o olho coçar, arder e parecer que está raspando a cada piscada. O uso excessivo do ar condicionado, aquecedor e fogão a lenha deixam os olhos mais secos nessa estação.
Conjuntivite viral, síndrome do olho seco, alergia, piora do ceratocone (doença na córnea) e até o desenvolvimento de doenças mais graves como o glaucoma e a catarata por causa do uso indiscriminado de medicamentos.
É preciso estar atento e se tiver necessidade, procurar o profissional certo – o médico oftalmologista. No mais, aproveitar a estação e o que ela tem de melhor.

Corpus Christi

O Dia de Corpus Christi (nesse ano em 11/06) celebra o mistério da eucaristia – o sacramento do sangue e corpo de Jesus Cristo.
Tradicionalmente, um feriado católico – missas, procissões e tapetes coloridos montados com flores nas ruas são bem peculiares. Esse ano será diferente por questões óbvias, mas a fé das pessoas, não. Essa, sem dúvida estará ainda mais forte desejando a melhora do mundo atual.

 

Efficacy of Standard and Accelerated (10 Minutes) Corneal Crosslinking in Keratoconus Stabilization

Purpose: To evaluate whether Accelerated CXL for 10 minutes is as effective as standard CXL for 30 minutes for the treatment of progressive keratoconus. Patients and Methods: Eighty-two eyes of 62 patients with keratometry examinations performed before and 6 months after surgery were studied. A total of 39 eyes underwent standard CXL with UVA irradiation of 3 mW/cm2 for 30 minutes and 32 eyes underwent Accelerated CXL UVA irradiation of 9 mW/cm2 for 10 minutes. The eyes of all patients had corneal thicknesses of at least 450 microns (400 microns after epithelium removal). Results: The means of the keratometry measurements in the preoperative period for the eyes subjected to standard CXL were 46.27 dioptres (D) on the flat axis (K1) and 48.93 D on the steep axis (K2). Postoperatively, K1 was 46.21 D and K2 was 48.97 D, a difference without statistical significance (p = 0.47 and p = 0.48, respectively). In the Accelerated CXL protocol, the preoperative measurements were 44.55 D and 46.19 D for K1 and K2, respectively. In the postoperative period, K1 was 43.37 D, and K2 was 46.64 D (p = 0.38 and p = 0.27, respectively). In the standard group, the mean maximum keratometry (Kmax) preoperatively was 55.87 D, with no statistical significance (p = 0.29). In the preoperative period, the Kmax of the Accelerated group was 51.15 D, with no statistical significance (p = 0.32). Conclusion: Based on the keratometry results, the accelerated protocol was as effective as the standard protocol for keratoconus stabilization.

Clique AQUI para realizar o download do artigo completo em PDF.

Surgical debridement of corneal shield ulcers in pediatric patients: two case reports and a review of the literature

Ocular allergy is a common disease, especially in the pediatric population, with unpleasant and long-term consequences, including corneal complications and decreased visual acuity. This study reports two cases of corneal shield ulcer due to vernal keratoconjunctivitis, with good results of surgical debridement performed after failure of long-term clinical treatment. Furthermore, this study highlights that this therapeutic approach, although less common, is efficient in treating refractory cases that cause suffering in pediatric patients.

Clique AQUI para ler do artigo na integra.